segunda-feira, 24 de novembro de 2008

7 alimentos que combatem o diabetes:






"O mais impressionante no diabetes é que quase 90% das vítimas têm o tipo 2 - adquirido por causa de maus hábitos, como abusar de doces e gorduras", diz Márcia Nery, endocrinologista.
Nesta reportagem, você descobre quais alimentos podem ajudá-la a tratar o diabetes comprovadamente.


Pesquisas comprovam o poder de alguns ingredientes.
É importante agir antes que a doença se instale, no chamado pré-diabetes (dosagens de açúcar no sangue a partir de 110 mg/dl).
"O primeiro passo é consumir alimentos que já tiveram seu poder hipoglicemiante comprovado e ajudam a controlar o distúrbio", diz Vanderlí Marchiori, nutricionista e fitoterapeuta da Associação Paulista de Nutrição. Destes você pode abusar:


1- Cogumelos: O ergosterol, uma enzima presente no cogumelo, empurra a insulina para dentro das células.
A porção diária recomendada é 3 colheres de sopa.
O champignon só preserva seus poderes se for consumido in natura.
A conserva prejudica a concentração da enzima.


2- FIbras solúveis: Tornam mais lenta a absorção da glicose.
Consuma aveia, berinjela, arroz integral, maçã, manga e pêra.


3- Farinha de maracujá: Riquíssima em fibra.
O ideal é consumir 2 colheres de sopa por dia da farinha.
Selecione os frutos firmes.
Retire a polpa e leve as cascas ao forno.
Elas só devem ser retiradas quando se quebrarem, como uma torrada.
Depois, moa no liquidificador.
Misture um pouco aos alimentos depois de prontos.


4- Cebola e alho: São tradicionalmente usados contra a doença, pois purificam o sangue, reduzindo o açúcar.
Alho-poró, aipo, couve-flor têm a mesma ação.


5- Folhas verde-escuras: Agrião, chicória e rúcula ajudam a reduzir a gordura abdominal e são fontes naturais de ferro e iodo, minerais deficientes nos diabéticos.


6- Canela: Uma pesquisa da Universidade da Malásia mostrou que o extrato da canela reproduz a ação da insulina nas células, portanto, ajuda muito.


7- Chás: As ervas comprovadas contra o diabetes são pata-de-vaca (flor branca), casca de cajueiro e jambolão.
Ferva 1 litro de água com 1 colher (sopa) da planta pata-de-vaca, 1 colher (sopa) da erva casca de cajueiro e 1 colher (sopa) da erva jambolão.
Deixe descansar por 10 minutos.
Beba de 3 a 5 copos por dia.


Fique de olho nos sinais: Eles são as maiores pistas de que o corpo está sofrendo.
- Sede exagerada e muito xixi: o corpo pede água para fabricar urina, para os rins retirarem o excesso de açúcar no sangue.
- Irritação na pele: as células de defesa não trabalham e a pele pode sofrer com a queda de imunidade.
- Fome além do normal: como não recebe a glicose, que fica retida no sangue, o cérebro sente como se o organismo estivesse sob ameaça de inanição.
- Cansaço sem motivo: o corpo recebe energia quando a glicose entra nas células.
Como no diabético isso não acontece porque a glicose fica retida no sangue, o organismo acaba esgotado.
- Perda de peso: quando o açúcar em excesso é eliminado pelo rim, carrega uma parte dos nutrientes que são fundamentais para a saúde. A pessoa emagrece.


O corpo em perigo:
- Visão: exames oftalmológicos devem ser realizados todo ano.
Os riscos de cegueira são 25 vezes maiores em diabéticos.
- Cérebro: o desgaste dos vasos sanguíneos triplica o risco de derrame
- Boca: a baixa no sistema imunológico deixa o paciente mais suscetível às infecções bucais
- Coração: o diabético tem duas vezes mais chances de ter um ataque cardíaco. Exames cardiovasculares devem ser realizados ao menos uma vez por ano.
- Rins: a concentração sanguínea de creatinina, que reflete a função dos rins, deve ser medida uma vez por ano para evitar a insuficiência renal crônica. Cerca de 30% das pessoas que fazem hemodiálise são diabéticas.


-Pés: o mal pode levar à amputação de pés, porque a doença descontrolada provoca a degeneração dos nervos dos membros inferiores. Pequenos machucados ou lesões precisam de cuidados especiais


Novidades Quentes: O endocrinologista Pedro Saddi, da Universidade Federal de São Paulo, revelou todos os detalhes sobre a insulina em pó e outros tratamentos que estão por vir.



- Insulina inalável Ainda este mês, chega ao país a insulina em pó chamada de Exubera. Ela é de ação rápida e substitui as injeções que os diabéticos tomam antes das refeições. Eles vão continuar usando a injeção de longa duração. A nova insulina será inalada pela boca com a ajuda de um inalador parecido com o usado nas crises de bronquite A substância será absorvida pelos pulmões e, de lá, vai para a corrente sanguínea. Como os estudos só envolveram adultos, o tratamento só poderá ser utilizado por pacientes acima de 18 anos.


-Estimulador de insulina: Aguardando a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estão os comprimidos Januvia e Galvos, que aumentam a capacidade de o organismo regular os níveis de glicose ao potencializar a ação das incretinas - hormônios que disparam o alarme para que o pâncreas produza mais insulina e sinalizam ao fígado para que interrompa a produção de glicose.



Pâncreas artificial: Em fase de pesquisas, um aparelho que regula a dose de insulina necessária. Idéia tirada da bomba de infusão, um outro aparelho que regula e injeta a quantidade certa de insulina no paciente, já existente no mercado e com pacientes já em uso.

14 comentários:

Anônimo disse...

oi meu nome é karinne e minha mãe é diabeticatem 66 anos e sua glicose na ultima semana chegou a 325 ela sentiu-se mau e foi hospitalizada! agora já se encontra em casa graças Deus! mais não é muito facil para ingerir medicamntos ( não gosta ) então gostaria de saber gual um produto de uso natural mais especifico que ajudaria neste controle! muito obrigado pela atenção!

Dayana disse...

Oi, Meu pai não gostaria de fazer uso de medicamentos, pois sua glicose deu alterada, qual melhor receita natural?, ele tem 49 anos. muito obrigada!

thay disse...

oi meu nome é tayane meu pai tem 42 anos e é portador de cancer e agora possui diabetes o que fazer?

Anônimo disse...

no exame do meu filho conta que o resultado deu 130mg\dl provavel diabetes mellitus ele tem 6 anos a cura total para ele,

MISIA disse...

OI SOU DIABETICA DESCONPENSADA E PORTADORA DE LINFOMA RETROPERITONI´L...E ESTEATOSE HEPATICA(GORDURA NO FIGADO)...QUAL SERIA A ALIMENTAÇÃO E OSCHASQUE SERIAM BOM PRA MIM? AGRADEÇO SE PUDER ME ORIENTAR...

Diana d.araujo disse...

oi mue nome e diana e meu marido esta tomando uma medicaçao e por este motivo ta com sintomas de diabetes,fez um ezame de glicemia em jejum e o resultado foi 403.ele ja pode ser considerado diabetico ou quando parar o remedio estes cintomas pode reverte? me mande uma resposta por favor.

Anônimo disse...

Oi boa tarde!
Meu nome é Fiona, e eu tomo cloridrao de metformina 850 mg 2 ao dia, sempre meia hora após almoço e jantar.
E a alimentação a base de fibras e cereais,e verduras e frutas, ajudam.
Abraços.

Anônimo disse...

Boa noite!

Minha mãe tem Diabetes, e consegue manter a sua glicose em 160 e no máximo 200.
Eu vendo produtos naturais, e a utilização farinha de berinjela, farinha maracujá, farinha de banana verde e quiabo. São ótimos para baixar a glicose alta.
Meu e-mail de contato é: annysilva_web@hotmail.com

Gustavo disse...

Olá, meu nome é Gustavo tenho 16 anos e diabetes á 6 anos, e queria saber qual é o avanço do tratamento com o pâncreas artificial, se ele já é viável a todos os portadores de diabetes, se já está em prática, e certamente se ele pode ser feito pelo SUS, me retorne quanto antes..
E-mail: gustavo_ioris@hotmail.com
Att ;)

Anônimo disse...

Gostaria de saber se existem outros alimentos q ajudam a combater a diabets , obrigado.

Anônimo disse...

É muito fácil de se se tratar dos diabetes.
Basta fazer uma alimentação vegetariana e passado 2 semanas verá os resultados.

Anônimo disse...

De que adianta comentar se não há respostas?

Anônimo disse...

Va ate uma unidade de saude que o medico vai te explicar o que fazer

Anônimo disse...

Use o cha de Carquejo Amargo 3 vezes ao dia ok