segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

A importância do sono.

É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos valores da sociedade industrial, esforçam-se por reduzir o número de horas de sono diário. Com isso acreditam, provavelmente, que um corpo "treinado" para dormir menos nos permita ampliar o número de "horas úteis" do dia, mantendo o mesmo desempenho.
Pura ilusão ou, mais provavelmente, uma boa dose de ignorância sobre a importância que o sono tem no funcionamento de nosso corpo e da nossa mente.
Dormir não é apenas uma necessidade de descanso mental e físico: durante o sono ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, podem afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, a longo prazo. Estudos provam que quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais precocemente, está mais propenso a infecções, à obesidade, à hipertensão e ao diabetes .
Alguns fatos comprovados por pesquisas podem nos dar uma idéia da importância que tem o sono no nosso desempenho físico e mental. Por exemplo, num estudo realizado pela Universidade de Stanford, EUA, indivíduos que não dormiam há 19 horas foram submetidos a testes de atenção. Constatou-se que eles cometeram mais erros do que pessoas com 0,8 g de álcool no sangue - quantidade equivalente a três doses de uísque. Igualmente, tomografias computadorizadas do cérebro de jovens privados de sono mostram redução do metabolismo nas regiões frontais (responsáveis pela capacidade de planejar e de executar tarefas) e no cerebelo (responsável pela coordenação motora). Esse processo leva a dificuldades na capacidade de acumular conhecimento e alterações do humor, comprometendo a criatividade, a atenção, a memória e o equilíbrio.

O sono e os hormônios:
A longo prazo, a privação do sono pode comprometer seriamente a saúde, uma vez que é durante o sono que são produzidos alguns hormônios que desempenham papéis vitais no funcionamento de nosso organismo. Por exemplo, o pico de produção do hormônio do crescimento (também conhecido como GH, de sua sigla em inglês, Growth Hormone) ocorre durante a primeira fase do sono profundo, aproximadamente meia hora após uma pessoa dormir.

As Fases do Sono:
- Fase 1:

Melatonina é liberada, induzindo o sono(sonolência).
- Fase 2:
Diminuem os ritmos cardíaco e respiratório, (sono leve) relaxam-se os músculos e cai a temperatura corporal.
- Fases 3 e 4:
Pico de liberação do GH e da leptina; cortisol começa (sono profundo) a ser liberado até atingir seu pico, no início da manhã.
- Sono REM
Sigla em inglês para movimento rápido dos olhos, é o pico da atividade cerebral, quando ocorrem os sonhos. O relaxamento muscular atinge o máximo, voltam a aumentar as freqüências cardíaca e respiratória.

Qual é o papel do GH? Entre outras funções, ele ajuda a manter o tônus muscular, evita o acúmulo de gordura, melhora o desempenho físico e combate a osteoporose. Estudos provam que pessoas que dormem pouco reduzem o tempo de sono profundo e, em conseqüência, a fabricação do hormônio do crescimento.
A leptina, hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade, também é secretada durante o sono. Pessoas que permanecem acordadas por períodos superiores ao recomendado produzem menores quantidades de leptina.

Resultado: o corpo sente necessidade de ingerir maiores quantidades de carboidratos.
Com a redução das horas de sono, a probabilidade de desenvolver diabetes também aumenta. A falta de sono inibe a produção de insulina (hormônio que retira o açúcar do sangue) pelo pâncreas, além de elevar a quantidade de cortisol, o hormônio do estresse, que tem efeitos contrários aos da insulina, fazendo com que se eleve a taxa de glicose (açúcar) no sangue, o que pode levar a um estado pré-diabético ou, mesmo, ao diabetes propriamente dito.

Num estudo, homens que dormiram apenas quatro horas por noite, durante uma semana, passaram a apresentar intolerância à glicose (estado pré-diabético).

Mas qual é a quantidade ideal de horas de sono? Embora essa necessidade seja uma característica individual, a média da população adulta necessita de 7 a 8 horas de sono diárias.


Falando em crianças, é especialmente importante que seja respeitado um período de 9 a 11 horas de sono, uma vez que, quando elas não dormem o suficiente, ficam irritadiças, além de terem comprometimento de seu crescimento, devido ao problema já mencionado sobre a diminuição do hormônio do crescimento, do aprendizado e da concentração.

É na escola que os primeiros sintomas da falta de sono são percebidos. O desempenho cai e a criança pode até ser equivocadamente diagnosticada como hiperativa, em função da irritabilidade e de sua dificuldade de concentração, conseqüentes da falta do sono necessário.


É no sono REM, quando acontecem os sonhos, que as coisas que foram aprendidas durante o dia são processadas e armazenadas. Se alguém, adulto ou criança, dorme menos que o necessário, sua memória de curto prazo não é adequadamente processada e a pessoa não consegue transformar em conhecimento aquilo que foi aprendido. Em outras palavras: se alguém - adulto ou criança - não dorme o tempo necessário, tem muita dificuldade para aprender coisas novas.

Riscos provocados pela falta de sono a curto prazo: cansaço e sonolência durante o dia, irritabilidade, alterações repentinas de humor, perda da memória de fatos recentes, comprometimento da criatividade, redução da capacidade de planejar e executar, lentidão do raciocínio, desatenção e dificuldade de concentração.

Riscos provocados pela falta de sono a longo prazo: falta de vigor físico, envelhecimento precoce, diminuição do tônus muscular, comprometimento do sistema imunológico, tendência a desenvolver obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e gastro-intestinais e perda crônica da memória.

Conselhos para Dormir Melhor:
- À noite, procure comer somente alimentos de fácil digestão e não exagerar nas quantidades.
- Evite tomar café, chás com cafeína, como chá-preto e chá-mate e refrigerantes derivados da cola, pois todos são estimulantes ("despertam").
- Evite dormir com a TV ligada, uma vez que isso impede que você chegue à fase de sono profundo.
- Apague todas as luzes, inclusive a do abajur, do corredor e do banheiro.
- Vede bem as janelas para não ser acordado(a) pela luz da manhã.
- Não leve livros estimulantes nem trabalho para a cama.
- Procure usar colchões confortáveis e silenciosos.
- Tire da cabeceira o telefone celular e relógios.
- Tome um banho quente, de preferência na banheira, para ajudar a relaxar, antes de ir dormir
- Procure seguir uma rotina à hora de dormir, isso ajuda a induzir o sono

Autora: Dra. Regeane Trabulsi Cronfli,médica formada pela Faculdade de Medicina da USP, especialista em Endocrinologia e Metabologia.

Ronco: Durma-se com um barulho desses...

O ronco está entre as principais causas de insônia – de quem dorme ao lado do roncador, é claro. Um ronco pode chegar a registrar 80 decibéis, volume equivalente ao de um aspirador de pó ligado.
De acordo com uma pesquisa inglesa, metade dos infelizes que dividem a cama com um roncador tem a vida sexual comprometida pelas desavenças surgidas em torno do barulhão noturno.

O ronco é um mal predominantemente masculino, na proporção de três homens para uma mulher.

Uma das explicações para esse desequilíbrio está na testosterona, o hormônio da masculinidade: em grande quantidade, ele estreita o canal da faringe.

O estilo de vida também conta – cigarro, álcool, sedentarismo e dietas gordurosas, entre outros fatores. O excesso de peso, por exemplo, dificulta a passagem do ar pelas vias respiratórias. Velhos tendem a roncar mais, porque a musculatura da garganta se torna menos rígida com o decorrer dos anos, levando ao estreitamento do canal de circulação de ar.

Para 3% da população, o ronco é sintoma de apnéia. O problema se caracteriza pela suspensão da respiração durante a noite. Nos casos mais graves, a apnéia é motivo de infartos e derrames.

Interessante: Elas são para sempre...

Dieta, redução de estômago, nada adianta: a quantidadede células de gordura não diminui depois dos 20 anos. O máximo que você pode fazer é murchá-las.
Um artigo publicado na revista científica Nature traz a mais fascinante explicação para um dos maiores tormentos das pessoas – a dificuldade de emagrecer e de manter o novo peso. Pesquisadores do Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia, revelaram que o número de células adiposas (adipócitos) é definido até os 20 anos.

Depois dessa idade, nada é capaz de diminuir essa quantidade – nem a mais espartana das dietas. Quando uma pessoa emagrece, os adipócitos apenas perdem volume, mas continuam lá. Não é só isso.

Todos os anos, 10% das células adiposas são renovadas. E as novas têm uma incrível propensão para aumentar de tamanho. Eis aí uma explicação de por que, depois de um período de privações à mesa, é fácil recuperar os quilos perdidos.
Uma pessoa de peso normal tem de 20 a 30 bilhões de células adiposas. Os gordos, de 60 a 80 bilhões. A quantidade de adipócitos acumulada nos primeiros vinte anos de vida é determinada principalmente por dois fatores: genética e hábitos alimentares.

A influência da dieta é enorme. Imaginemos alguém programado geneticamente para ter 70 bilhões de células adiposas. Se, na infância e na adolescência, essa pessoa foi acostumada a comer com parcimônia, de preferência alimentos pouco calóricos, ela pode driblar a genética e nunca atingir a quantidade de adipócitos determinada pelos genes. Mas, em geral, ocorre o contrário – come-se muito e mal desde cedo. Não é à toa que 75% das crianças roliças serão adultos obesos.

A puberdade é o período mais propício para a proliferação das células adiposas. Como os jovens nessa fase tendem a comer mais, eles apresentam uma quantidade maior de gordura circulante – o que serve de combustível para a formação de adipócitos. As células adiposas são fundamentais para o desenvolvimento do organismo.

Elas estimulam a produção do hormônio responsável por desencadear o processo da puberdade. No entanto, quanto maior o número de células adiposas adquiridas nessa fase, mais árdua será a luta contra a balança no futuro.

Depois dos 20 anos, o excesso alimentar faz com que as células adiposas aumentem de volume. Isso se traduz em barrigas salientes e coxas roliças. A descoberta de que 10% dos adipócitos se renovam a cada ano, e de que os novos são mais vorazes do que os antigos, torna esse cenário ainda mais sombrio. "Uma célula jovem, não importa a sua função, é sempre mais eficaz.

Como a principal atribuição de uma célula adiposa é acumular gordura, ela o fará com maestria", diz o endocrinologista Alfredo Halpern, pesquisador da Universidade de São Paulo.
Liderada pela cientista Kirsty Spalding, a equipe do Instituto Karolinska analisou o ciclo de vida e morte dos adipócitos de 742 pessoas, homens e mulheres com os mais variados perfis. Em 687 delas, os pesquisadores fizeram biópsias do tecido da região abdominal.

Ao compararem esses resultados com estudos similares feitos anteriormente em crianças e jovens, conseguiram definir a idade-limite para a proliferação das células adiposas.

Foram também avaliados exemplares de tecido gorduroso de vinte voluntários obesos, submetidos à cirurgia de redução do estômago. As amostras foram colhidas antes da operação e dois anos depois. Apesar do emagrecimento à força e do intervalo de tempo entre uma análise e outra, o número de células adiposas não variou quase nada. Ficou ao redor dos 80 bilhões.

Nova patologia entre usuários de PC: Computer Vision Syndrome - CVS

Não é difícil hoje em dia passar mais de duas horas em frente ao computador. O uso da informática é cada vez mais comum, seja no ambiente de trabalho ou doméstico.
Este hábito tem exigido cada vez mais dos olhos humanos, gerando conseqüências como a Síndrome Visual do Usuário de Computador ou CVS (Computer Vision Syndrome).
A síndrome, também conhecida como fadiga visual, atinge entre 70% e 90% dos usuários de informática.
Os sintomas são:
- Dor de cabeça.
- Olhos vermelhos.
- Lacrimejamento em excesso ou olho seco.
- Sonolência.
- Vista cansada.
Pesquisa realizada recentemente com 2 mil pacientes que usam o computador de 12 a 14 horas por dia revelou uma relação direta entre o mau uso do PC e o aumento da cefaléia, olho seco e até da miopia entre crianças.
Causas:
Quando usamos o micro movimentamos pouco o globo ocular e piscamos, em média, cinco vezes menos que o normal. Isso prejudica a troca do filme lacrimal, uma película responsável pela umidade na superfície do globo ocular.
A situação piora para usuários de lentes de contato, que é hidrofílica. "É como se ela bebesse água do olho".
Os ambientes refrigerados também agravam o ressecamento. Outro fator importante são as 16,7 milhões de cores geradas pelo monitor de vídeo, que sobrecarregam a musculatura responsável por regular a entrada de luz até a retina. As imagens em pixels exigem ajuste de foco milhares de vezes por dia.
Também se relacionam a esse fato a iluminação do ambiente e a posição do monitor. Ambientes excessivamente claros que geram reflexos e o monitor em uma posição muito alta exigem mais da visão do usuário.
Os tratamentos variam conforme o caso e os sintomas:
Os problemas mais comuns são a miopia transitória em crianças e a presbiopia, ou vista cansada, nos adultos, principalmente acima dos 40 anos.
Leôncio Queiroz ressalta que projetos desenvolvidos no Alabama para reduzir a CVS demonstram que o conforto visual aumenta a produtividade em 20%.
As principais dicas do médico para eliminar a fadiga visual são:
- O monitor deve ficar 10° a 20° abaixo do nível dos olhos.
- A distância entre a tela do monitor e os olhos deve ser de 60 cm.
- O monitor não deve ficar de frente para a janela, pois a luminosidade causa ofuscamento, nem de costas porque forma sombras e reflexos que usam desconforto.
- Evite excesso de luminosidade das lâmpadas e luz natural pois as pupilas se contraem e geram cansaço visual.
- Regule sempre a tela com o máximo de contraste e não de luminosidade.
- Mantenha a tela do monitor sempre limpa.
- A cada hora, descanse de 5 a 10 minutos, saindo de frente do computador;
- Lembre-se de piscar voluntariamente quando estiver usando o micro.
PROF. SILVIO RIBEIRO: INFORMÁTICA PARA EXECUTIVOS E TERCEIRA IDADE.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Tratamentos Naturais



ENXAQUECA:
- Enxaqueca Matinal: ferver a casca da laranja (+- 5cm) por 5 minutos e tomar o chá.
- Enxaqueca à tarde: geralmente é causada por problemas digestivos - tomar chá de boldo.
- Enxaqueca de ressaca e sonolência: pela manhã bater levemente uma fatia de malancia com semente, coar e tomar este suco.
- Dor de Cabeça: colocar os pés por 1 minuto imersos em água supergelada.

STRESS:
- Comer 1 maçã por dia - sempre no café da manhã ou no lanche da tarde, nunca após as refeições. Também combate a asma e a rouquidão.
- Fazer chá da casca da maçã e tomar antes de dormir.
- Caminhar de 5 a 15 minutos diariamente descalço na terra ou na grama.
- Nas dermatites seborreicas/caspas causadas pelo stress, esfregar por 2 minutos o couro cabeludo com sementes de tomate e lavar em seguida com água fria (ou o mais fria possível);

GRIPES/PNEUMONIA:
- Assar bananas em forno convencional, pulverizar com canela em pó e comer à vontade pela manhã.
- A casca da banana também é utilizada para remover verrugas, para cicatrizar queimaduras de até 3o. grau e para rachaduras nos pés - raspar a parte interna da casca, colocar sobre o local e cobrir com band aid ou uma faixa.

INFECÇÃO DE GARGANTA:
- Fazer gargarejo com suco de abacaxi com uma pitada de sal.
- Comer sempre que possível, rodelas de abacaxi à noite, como sobremesa do jantar.

AFTA:
- Mastigar folhas do olho da mangueira por alguns segundos e descartar.

GASTRITE/ÚLCERA:
- Liquidificar 1 batata grande (ou 2 médias) e tomar 1 copo pequeno deste "leite" 30 minutos antes do café da manhã e 30 minutos antes do jantar.
- Gastrite: tratar por 2 semanas.
- Úlcera: tratar por 1 mês.

AZIA:
- Mastigar pedaços de batata crua e engolir o suco.

FURÚNCULOS/HEMORRAGIAS:
- Colocar rodela de cebola crua sob o local do furúnculo e enfaixar/colocar esparadrapo - deixar de um dia para o outro. O furúnculo sairá completamente e vai ficar um buraco no local que fechará em alguns minutos após a remoção da bandagem;
- Nos cortes, esfregar pedaço de cebola crua no local várias vezes.
- Nas hemorragias nasais, cheirar profundamente um pedaço de cebola crua.

COLESTEROL ELEVADO
- Cortar uma berinjela grande em fatias finas (com casca) e colocar de molho em 1 litro de água - colocar na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte remova as rodelas de berinjela e acrescente o suco de 2 limões e beba este litro ao longo do dia.
Cuidado, esta receita usada por mais de 15 dias causa emagrecimento acelerado, não ultrapasse 60 dias de uso contínuo.

DIABETES:
- Fazer um chá de 80 gramas da raiz da urtiga em 1 litro de água por dia.

ARTROSE:
- Fazer chá das folhas do sabugueiro.

SARAMPO:
- Fazer chá das flores do sabugueiro.

HIPERTENSÃO:
- Pegar 3 dentes de alho à noite, esmagar, colocar em uma xícara com água e com o suco de 1 limão, tomar pela manhã e completar os mesmos dentes esmagados com água e limão novamente, tomar à noite e repetir a receita com outros 3 dentes de alho para o dia seguinte, ou seja cada 3 dentes são usados para tomar o remédio 2 vezes.


PRESSÃO BAIXA:
- Bater no liquidificador 1 pepino caipira, coar e tomar 1 cálice.


MÁ CIRCULAÇÃO:
- Imergir os pés em água quente por 4 minutos e em seguida colocar em água fria por 1 minuto e voltar para a água quente e fria sucessivamente.


MARCAS DE ESPINHAS/RUGAS NO ROSTO:
- Fazer uma mistura de argila, suco de cenoura, mel e confrei e aplicar uma camada desta pasta de aproximadamente 1 cm no rosto por uns 40 minutos.


METABOLISMO BAIXO:
- Tomar cápsulas de pimenta caiena encontradas em farmácia de homeopatia. Também ajuda no emagrecimento.


FIBROMIALGIA/RELAXANTE MUSCULAR:
- Mastigar a casca seca da laranja.


DOR NO OMBRO:
- Ralar o caroço de um abacate, colocar no álcool por uns 10 dias e massagear o local.


DICAS GERAIS:
- Tome no mínimo 3 litros de água por dia.
- Tome banhos o mais frio possível.
- As receitas dadas devem sempre ser feitas com frutas/verduras/legumes etc., frescos, nunca de garrafa ou congelados.
- Não prepare as receitas em microondas.
- Não adicione açúcar em nenhuma das receitas e tente diminuir o consumo deste produto ao mínimo possível na dieta regular;
- A casca da laranja é um excelente analgésico;

Fonte: (*) Qualidade de Vida
Repasse da palestra ministrada pelo Sr. Diaulas do Hospital OASIS do Paraná -

Dicas de saúde muito interessantes!

Uma fatia de cenoura parece um olho humano. A pupila, íris e linhas raiadas são semelhantes ao olho humano...e SIM, a ciência agora mostra que a cenoura fortalece a circulação sanguínea e o funcionamento dos olhos.

Um tomate tem quatro câmaras e é vermelho. O coração é vermelho e têm quatro câmaras.Toda a investigação mostra que o tomate é de facto um puro alimento para o coração e circulação sanguínea.




As uvas crescem em cacho que tem a forma do coração. Cada uva assemelha-se a uma célula sanguínea e toda a investigaçãohoje em dia mostra que as uvas são também um alimento profundamente vitalizador para o coração e sangue.



Uma noz parece um pequeno cérebro, com hemisférios esquerdo e direito, cerebelos superiores e inferiores.Até as rugas e folhos de uma noz são semelhantes ao neo-cortex. Agora sabemos que as nozes ajudam a desenvolvermais de 3 dúzias de neuro-transmissores para o funcionamento do cérebro.




Os feijões realmente curam e ajudam a manter a função renal e sim, são exatamente idênticos aos rins humanos.




O aipo, bok choy, ruibarbo e outros são idênticos a ossos.Estes alimentos atingem especificamente a força dos ossos. Os ossos são compostos por 23% de sódio
e estes alimentos tem 23% de sódio.Se não tiver sódio suficiente na sua dieta o organismo retira sódio aos ossos, deixando-os fracos.Estes alimentos reabastecem as necessidades do esqueleto.



Beringelas, abacates e pêras ajudam à saúde e funcionamento do ventre e do cérvix feminino – eles são parecidos com estes órgãos.Atualmente a investigação mostra que quando uma mulher come um abacate por semana, equilibra os hormonios,não acumula gordura indesejada na gravidez e previne câncer cervical.
E que profundo é isto?...
Demora exatamente 9 meses para um cultivar um abacate de flor a fruta.Existem mais de 14 000 componentes químicos fotolíticos em cada um destes alimentos - a ciência moderna apenas estudou e nomeou cerca de 141.



Figos estão cheios de sementes estão pendurados aos pares quando crescem.
Os figos aumentam a mobilidade eaumentam os números do esperma masculino,
assim como ajudam a ultrapassar a esterilidade masculina.



As batatas doces são idênticas ao pâncreas e de fato equilibram o índice glicêmico de diabéticos.




Azeitonas ajudam a saúde e funcionamento dos ovários.




Laranjas, limões e outros citrinos assemelham-se a glândulas mamárias femininas e realmenteajudam à saúde das mamas e à circulação linfática, dentro e fora das mamas.



As cebolas parecem células do corpo. A investigação atual mostra que a cebola ajuda a limpar materiais excedentes de todas as células corporais.Até produzem lágrimas que lavam as camadas epiteliais dos olhos...


Veja que interessante...

À partir de uma certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados.

1. DIFICULDADE DE PERDER PESO:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina A.
- ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos.


2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
- ONDE OBTER: água de côco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro e os suplementos.

3. COMPULSÃO A DOCES:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
- ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos.

4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio.
- ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos.
- ONDE OBTER : coalhada, iogurte, missô, yakult e similares .

6. MEMÓRIA RUIM:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
- ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.

7. HIPOTIREOIDISMO - PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
- ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
- ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, e E e ferro.
- ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS:
- O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6.
- ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite de oliva.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Significado das cores dos alimentos

As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos.
Estas substâncias, além de colorir desempenham, freqüentemente, papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas.
Uma dieta tem mais chances de ser equilibrada e mais saudável.

Alimentos Brancos
O leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, cogumelo e banana são as melhores fontes de cálcio e de potássio.
Estes minerais são importantes porque:
1 - Contribuem na formação e manutenção dos ossos.
2 - Ajudam na regulação dos batimentos cardíacos.
3 - São fundamentais para funcionamento do sistema nervoso e dos músculos


Alimentos Vermelhos
O licopeno é uma substância que age como antioxidante e é responsável pela cor vermelha do morango, tomate, melancia, caqui, goiaba vermelha, framboesa, cereja.
Mais recentemente foi apontado como um protetor eficaz contra o aparecimento de câncer de próstata. Os alimentos vermelhos contêm, ainda, antocianina que estimula a circulação sangüínea.


Alimentos Amarelos
O mamão, a cenoura, a manga, a laranja, a abóbora, o pêssego e o damasco são alimentos de cores amarela ou alaranjada que são ricos em vitamina B-3 e ácido clorogênico.

Alimentos Arroxeados
Os alimentos azulados e arroxeados, como a uva, a ameixa, o figo, a beterraba, a berinjela e o repolho-roxo contêm ácido elágico, substância que:
1 - Retarda o envelhecimento.

2 - Neutraliza as substâncias cancerígenas prevenindo diversos tipos de câncer.

Alimentos Verdes
Os alimentos de cor verde como os vegetais folhosos, o pimentão, o salsão e as ervas contêm: cálcio, clorofila, vitamina C e vitamina A, substâncias com os seguintes efeitos:
1 - Desintoxicam as células;
2 - Inibem radicais livres (que danificam as células e causam doenças);
3 - Tem efeito anticancerígeno e ajudam a proteger o coração.
4 - Protegem o cabelo e a pele.
5 - Melhoram o sistema imunológico.
6 - Importante para os ossos e contração muscular.


Alimentos Marrons
As fibras e vitaminas do complexo B e E são, principalmente, encontradas nas nozes, aveia, castanhas e cereais integrais como arroz, trigo e centeio.
Consuma alimentos integrais, que tem uma cor marrom (pães, biscoitos, macarrão, etc).
1 - Melhoram o funcionamento do intestino.
2 - Combatem a ansiedade e a depressão.
3 - Previnem o câncer e as doenças cardiovasculares.
Uma alimentação saudável e colorida
e com alimentos funcionais...
... trará benefícios para sua saúde agora e, principalmente,
no futuro.


Cesta Básica da Saúde

Farmacinha caseira é na cozinha.
A ciência já comprovou que certos nutrientes têm propriedades medicinais e, por isso, são capazes de prevenir e até combater doenças e indisposições.
Fique por dentro dos alimentos que não podem faltar na geladeira e na despensa
Se o resfriado pegar você, capriche no consumo de frutas cítricas. Sua tão propalada eficácia contra gripes e resfriados não é conversa fiada. Pesquisadores da área de nutrição já se renderam às evidências de que o abacaxi, a acerola e a mexerica podem prevenir e combater os males do aparelho respiratório.

Motivo: a vitamina C, o nutriente topa-tudo nessa briga contra espirros e coriza, multiplica os glóbulos brancos no sangue — uma importante arma no combate às infecções. Embora seu sistema imunológico esteja sempre a postos para conter o ataque dos vírus - e olha que há centenas deles para fazer o maior estrago, um reforço é sempre bem-vindo. Essa ajuda extra pode, sim, estar nos cítricos.
Eles integram uma relação enorme dos chamados alimentos funcionais — frutas, grãos, cereais, verduras, laticínios e peixes que contêm ingredientes ativos capazes de fortalecer seu organismo a ponto de evitar doenças ou mesmo combatê-las. Tal virtude, a nutricionista gaúcha Joselaine Stürmer vem comprovando há cerca de 15 anos em sua prática clínica: "Eu mesma só consegui me curar de problemas como constipação, enxaqueca, artrite reumática e obesidade depois de conhecer o valor dos alimentos e aprender a usá-los em meu benefício”, conta no livro Comida, um Santo Remédio (Editora Vozes).
Nele, a nutricionista classifica os incríveis “medicamentos naturais” em três grupos principais.
- Alimentos com propriedades imunológicas:
Melhoram a imunidade celular contra corpos estranhos, microorganismos e células doentes. Exemplos: hortaliças, frutas, chás, trigo e peixes.

- Alimentos com atividade antioxidante:
Protegem o corpo contra os radicais livres e ajudam a combater doenças como câncer, cardiopatias, catarata e diabetes. Fontes: brócolis, cenoura e abóbora.

- Alimentos ricos nos ácidos graxos poliinsaturados ômega 3 e ômega 6:
Podem prevenir doenças do coração e hipertensão. Estão nos óleos vegetais, nos peixes de água salgada e fria e na semente de linhaça.
Como você vê, comer direito faz um bem danado. Para ficar livre dos males que vivem à espreita, selecione os melhores alimentos na feira e no supermercado.
Os mais comuns (com os respectivos remedinhos da mãe natureza) estão aqui.
Mas não adianta incluí-los no cardápio só de vez em quando. Para obter resultados, tem que comer todos os dias.

- Contra TPM, vá de alface.
Basta uma discussãozinha com o namorado e pronto: você fica com um mau humor insuportável. É um comportamento cíclico e, em geral, ocorre de 10 a 15 dias antes da menstruação. Outros sintomas da TPM são igualmente desagradáveis: prisão de ventre, insônia, enxaqueca, ansiedade e retenção hídrica que, ainda por cima, provoca aumento de peso. Além de alface, aumente a ingestão de:
• Hortaliças e frutas (alcachofra, melancia, tomate, morango e abacaxi), que são diuréticos e ajudam a diminuir o inchaço.
• Carboidratos (barra de cereais, granola, banana) para aumentar a produção de serotonina, a substância que dá bem-estar.

- Enxaqueca? O gengibre contra-ataca.
Os dias em que você está atolada de trabalho, sob forte stress, acabam rendendo uma bela dor de cabeça, porque as tensões provocam o estreitamento dos vasos sanguíneos que irrigam o cérebro. Quando muito intensa, pode provocar náuseas e aversão ao barulho e à claridade. É a famosa enxaqueca. As vítimas preferenciais, em geral, são propensas ao problema. Mas outros fatores podem desencadear a crise —pílula anticoncepcional, tensão pré-menstrual e até mudanças bruscas de temperatura.
O gengibre bloqueia a ação da prostaglandina, um hormônio responsável por sensações dolorosas.
Assim que a dor começar a incomodar, bata no liquidificador 1/2 col. (sopa) de gengibre em pó, 1 potinho de iogurte desnatado, 1 col. (sopa) de aveia em flocos, 1 banana, 1 col. (chá) de mel e 1/2 copo de água. Além de gengibre, aumente a ingestão de:
• Pão e arroz integrais e batata em pequenas quantidades, várias vezes ao dia. Eles aumentam os níveis de triptofano, um aminoácido que funciona como matéria-prima para a fabricação de serotonina, neurotransmissor do bem-estar.

- Cenoura: alivia a dor muscular.
Às vezes, você se empolga com a malhação, exagera no treino e acaba com uma dorzinha muscular desagradável no dia seguinte. É claro que o ideal é não fazer esforço além do recomendado pelo professor de ginástica. Mesmo assim, ninguém está livre do incômodo. Busque alívio na cenoura, que pode estar na salada ou nos lanches antes das refeições.
Além da cenoura, aumente a ingestão de:
• Abóbora, que contém os compostos bioativos kaempferol, licopeno, quercitina e betacaroteno, com efeito analgésico.

- Banana afasta a depressão.
Acordar se sentindo péssima e viver com a sensação de ter chegado ao fundo do poço. Já aconteceu com você? Quando esses sentimentos se prolongam por dias, o melhor é procurar ajuda . Mas, comendo direito, dá para amenizar a tristeza que parece não ter fim. Uma dieta rica em vitaminas B1, B6 e C, ácido fólico, niacina, cobre, magnésio, ferro e ômega 3, traz alívio. É que esses nutrientes estimulam a fabricação da serotonina (caso da banana), da dopamina e da noradrenalina, neurotransmissores que regulam o humor.
Além da banana, aumente a ingestão de:
• Semente de abóbora, rica em magnésio.
• Soja, boa fonte de cobre.
• Feijão-preto, lotado de ferro.
• Folhas verdes, com muito ácido fólico.
• Farelo de trigo, cheio de vitamina B6.
• Abacaxi, rico em vitaminas do complexo B, A e C.
• Linhaça, arenque, atum, salsão e sardinha, ótimas fontes de ômega 3.

- Frutas secas põem o cansaço pra correr.
Ah, essa falta de pique... Há dias em que o desânimo é tão forte que você tem que fazer um esforço enorme para sair da cama, acaba desistindo da academia e não tem coragem nem para ir à balada.
Seu problema pode ser deficiência de vitaminas e sais minerais, especialmente o potássio.
As frutas secas concentram maior quantidade de frutose (açúcar natural) e de nutrientes do que as frutas frescas. Além disso, são ricas em potássio, ferro e triptofano, aquele aminoácido que estimula a produção da serotonina amiga, que faz você se sentir mais feliz e animada.
Além das frutas secas, aumente a ingestão de:
• Maçã. Rica em vitaminas A, B1 e B2, além de fósforo e potássio, combate o stress.
• Uva. O complexo B dá energia.

- Pão integral, um ótimo laxante.
Usar remédios para fazer o intestino funcionar é a maior roubada. Além do risco de viciar o organismo, eles podem provocar a eliminação das vitaminas A, D, E e K. Você precisa de fibras. Não digeridas, elas passam pelo sistema digestivo e são eliminadas pelas fezes. O consumo diário do pão integral, por exemplo, ajuda seu intestino a funcionar como um reloginho.
Além dos pães integrais, aumente a ingestão de:
• Massas e cereais integrais.
• Vegetais (batata-doce, vagem, berinjela, mandioca, brócolis).
• Frutas (coco fresco, ameixa-preta, damasco seco, uva passa, laranja).

- Brócolis previnem câncer de mama.
A boa fama dessa hortaliça justifica-se plenamente. Cientistas de importantes centros de pesquisa em vários países são unânimes em afirmar que ela tem propriedades anticancerígenas. Além da mama, os brócolis podem combater a doença no esôfago, no pulmão, na faringe, no útero, no pâncreas e no cólon. A nutricionista Joselaine Stürmer assina embaixo: “Esse alimento é rico em indóis, um fitoquímico que ajuda na prevenção de tumores”.
Além de brócolis, aumente a ingestão de:
• Repolho e couve-flor, outras boas fontes de indóis e isotiocianatos, substâncias com ação descongestionante e antiinflamatória. Como se fossem antibióticos naturais, combatem viroses e fungos, reduzem o colesterol e diminuem a pressão arterial, além de proteger o fígado.

- Má digestão não tem vez com abacaxi.
Aquela desagradável sensação de queimação no estômago, às vezes acompanhada de azia, pode estar com os dias contados. Só depende de você.
O primeiro passo é mudar os maus hábitos alimentares. Isso significa comer menos e mais devagar, mastigar bem, não deitar de estômago cheio nem ficar muitas horas em jejum.
O abacaxi é rico em bromalina, uma enzima digestiva.
Além do abacaxi, aumente a ingestão de:
• Mamão, que contém papaína, outra enzima digestiva. Inclua nas refeições principais.
• Chá de espinheira-santa, pois tem ação antiácida e inibe a produção do suco gástrico.

- Chá de funcho é tiro certo contra a cólica menstrual.
O problema se deve à alteração na produção de hormônios, que acaba provocando fermentação, acompanhada de dores abdominais. O funcho é um bom aliado no combate aos gases que causam esse tipo de desconforto.Além do funcho, aumente a ingestão de:• Chá de macela, que também pode controlar os espasmos durante a menstruação.

Para saber mais, leia: Pharmacia de Alimentos, de Jocelem Mastrodi Salgado - Editora Madras.

Azeite de Oliva evita AVC

Cientistas espanhóis revelam que o óleo atua contra a formação de coágulos no sangue, o que diminui o risco de acidente vascular cerebral, o AVC.
Ele enche de aroma e sabor dúzias e dúzias de receitas, de saladas a sobremesas. Também é figurinha recorrente nos centros de pesquisa de nutrição. Não faltam trabalhos apontando seus benefícios para o peito.
Agora, estudo que acaba de ser divulgado vem para colocá-lo, mais uma vez, entre os itens indispensáveis à mesa. Cientistas da Universidade de Málaga, na Espanha, observaram que o líquido dourado é capaz de impedir a agregação plaquetária. Em outras palavras, ele atua contra a formação de coágulos no sangue.

O feito está relacionado com a diminuição do risco de problemas como o Acidente Vascular Cerebral, o AVC, ou derrame, como é mais conhecido. Entretanto, vale ressaltar que o tipo de azeite por trás dessa ação benéfica é o extra-virgem, o mais puro suco da azeitona.
É que ele concentra uma maior quantidade de substâncias protetoras, sobretudo os festejados polifenóis. Vale destacar ainda que a gordura monoinsaturada presente no alimento contribui para o equilíbrio dos níveis de colesterol, diz a nutricionista Lara Natacci Cunha, de São Paulo. Ou seja, trata-se de mais um empurrão para o sangue circular livremente, sem obstáculos no seu caminho.

E para aqueles que pensam que o óleo não pode ir para a panela, os pesquisadores avisam que, sim, ele pode, já que sua composição é bastante estável. Só não abuse de temperaturas altas. O recado é o seguinte: quanto maior o calor, mais as moléculas do bem se perdem.

Mas, você já experimentou degustá-lo puro? Saiba que hoje ele tem sido comparado aos vinhos. Há, inclusive, experts que percebem, apenas pelo contato com a língua, a região de cultivo das oliveiras.

Propriedades Nutricionais das Frutas

As frutas desempenham um papel muito importante na alimentação.
São fonte natural de nutrientes, vitaminas e sais minerais, além de fornecer fibras que contribuem com o funcionamento do intestino e combatem o cancro do cólon.

Recomenda-se a ingestão de, pelo menos, 3 a 4 porções de frutas ao dia.

Um copo de sumo de frutas é considerado uma porção. A alimentação deve ser enriquecida com frutas que previnem doenças e fortalecem o corpo.

Nos meses mais quentes é preferível os frutos com mais líquidos (melancia, laranja, uva), hidratando assim o seu corpo.

De seguida são apresentadas as principais propriedades das frutas mais comuns.

Abacate:
-Propriedades Nutricionais: O abacate é rico em vitamina E, gorduras mono-insaturadas (a mesma do azeite de Oliva), vitaminas, sais minerais e glutationa, um poderoso antioxidante. O seu acentuado valor energético é relacionado ao seu conteúdo em gorduras, responsável pelo aumento do colesterol HDL ,considerado o bom colesterol, pois protege as artérias ao invés de destruí-las.
-Valor Calórico: 100 gramas de abacate fornecem 162 calorias.
- Propriedades Medicinais:O abacate beneficia as artérias, reduz o mau colesterol e dilata os vasos sanguíneos. A sua gordura age como antioxidante, bloqueando a toxidade do colesterol LDL, que destrói as artérias. Além disso, é um poderoso bloqueador de trinta agentes cancerígenos diferentes.

Abacaxi:
- Propriedades Nutricionais: O abacaxi é um alimento rico em vitamina C, betacaroteno (provitamina A), vitaminas do complexo B e minerais como potássio, manganês e cálcio. Além disso, também contém uma poderosa enzima, a bromelina, que segundo recentes pesquisas, pode ajudar na redução de inflamações de muitas causas e ajudar na digestão.
- Valor Calórico: 100 gramas de abacaxi fornecem 52 calorias.
- Propriedades Medicinais: O abacaxi ajuda a dissolver coágulos sanguíneos, a reduzir inflamações, a acelerar a cicatrização de tecidos e na digestão. Além disso, é antiviral, antibacteriano e um bom alimento para prevenir a osteoporose e as fracturas ósseas, devido ao seu alto teor de manganês.

Banana:
- Propriedades Nutricionais: A banana apresenta boas quantidades de vitaminas do complexo B, vitaminas C e é óptima fonte de potássio.
- Valor Calórico: 100 gramas de banana prata fornecem 89 calorias.
- Propriedades Medicinais: Por ser rica em potássio, ajuda a evitar e a regular a hipertensão arterial. As bananas maduras são eficientes para controlar a diarreia, ajudam no sono e melhoram o humor.

Caju:
- Propriedades Nutricionais:Riquíssimo em vitamina C, é também fonte de betacaroteno (provitamina A), vitamina do complexo B e dos minerais cálcio, magnésio, manganês, potássio, fósforo e ferro. Além disso, fornece carboidratos e sua castanha é uma boa fonte de proteínas e gorduras.
- Valor Calórico: 100 gramas de caju fornecem 36,5 calorias.
- Propriedades Medicinais: O caju fornece um potente antioxidante, vitamina C, que também previne constipações e ajuda na cicatrização de feridas e lesões. Além disso, auxilia na contracção muscular, pelo seu conteúdo em minerais. Das folhas novas do cajueiro pode se extrair um sumo muito utilizado contra aftas e cólicas intestinais. A raiz pode ser utilizada na medicina como laxante.

Côco:
- Propriedades Nutricionais: O valor nutritivo do coco varia com seu estado de maturação, apresentando bom teor de sais minerais, potássio, sódio, fósforo e cloro. A sua polpa é rica em fibras e bastante calórica.
-Valor Calórico: 100 gramas de coco maduro fornecem 266 calorias. 100 gramas de água de coco fornecem 22 calorias.
-Propriedades Medicinais: A polpa do coco é rica em fibras, auxiliando no bom funcionamento intestinal. O seu conteúdo em potássio, tanto na água como na polpa, auxilia no bom funcionamento do coração, mantém a pressão arterial em bons valores, protege a função neuromuscular e mantém o equilíbrio das células. Além disso, sua água ajuda a recuperar os organismos desidratados, sendo um isotônico natural.

Figo:
- Propriedades Nutricionais: É um alimento nutritivo e rico em açúcares. Por isso, é indicado para grandes reposições de energia e bastante utilizado por atletas. Além disso, apresenta potássio, cálcio e fósforo, fibras e niacina (vitamina B3).
- Valor Calórico: 100 gramas de figo maduro fornecem 67,6 calorias. Desidratado: 233 calorias.
- Propriedades Medicinais: O figo é antioxidante, laxante, diurético, digestivo e indicado para pessoas com problemas dos brônquios, gripes e constipações. Na medicina caseira é usado como vermífugo em crianças.

Framboesa:
- Propriedades Nutricionais: É uma fruta rica em carboidratos e fibras (pectina), sendo por isso boa para repor as energias.
- Valor Calórico: 100 gramas de framboesa fornecem 57 calorias.
- Propriedades Medicinais: Possui actividade antiviral, anticancerígena e apresenta alto teor de aspirina natural. Além disso, as folhas da framboesa possuem um efeito antidiarreico e anti-inflamatório.

Goiaba:
- Propriedades Nutricionais: Além de ser riquíssima em vitamina C, a goiaba apresenta também vitamina A e vitaminas do complexo B (principalmente Niacina). A sua casca é rica em fibras e sua poupa em pectina (fibra solúvel).
- Valor Calórico: 100 gramas de goiaba fornecem 69 calorias.
- Propriedades Medicinais: Pela sua riqueza em vitamina C, é uma arma poderosa contra infecções, fadiga, processos alérgicos e hemorragias. Quando consumida com casca, é óptima para o funcionamento do intestino.

Kiwi:
-Propriedades Nutricionais: É um alimento rico em vitamina C, E e potássio.
-Valor Calórico: 100 gramas de kiwi fornecem 67 calorias.
-Propriedades Medicinais: Por ser rico em vitamina C, o kiwi possui propriedades antianêmica, antiescorbútica e digestiva. Também é estimulante para o apetite e tem propriedades laxantes. É usado tradicionalmente na medicina chinesa para o tratamento do câncer de mama e estômago.

Laranja:
- Propriedades Nutricionais: Além da vitamina C e ácido fólico, a laranja possui minerais como cálcio, fósforo e potássio, que a fazem uma boa fruta para o consumo nos dias quentes pois, além de refrescante, repõe energias. Contém ainda fibras (pectina, encontrada na pele que envolve os gomos), flavonóides e óleo, que aumentam seu valor nutritivo.
- Valor Calórico: 100 gramas de laranja fornecem, em média, 45 calorias.
- Propriedades Medicinais: Por ser rica em vitamina C, a laranja torna o organismo mais resistente às infecções, dá vitalidade às gengivas, entre outras funções. Possui também propriedades cicatrizantes, auxilia o organismo a absorver o ferro de outros alimentos, a combater o stress e alergias, a diminuir as taxas de colesterol e o risco de alguns tipos de cancro.

Limão:
- Propriedades Nutricionais: Os principais componentes do limão são o ácido cítrico, a vitamina C e bioflavonóides.
- Valor Calórico: 100 gramas de sumo de limão verde fornecem 39,2 calorias.
- Propriedades Medicinais: O escorbuto é uma doença causada por falta de vitamina C no organismo, sendo o limão um dos melhores remédios para a cura. O limão também é eficaz contra alergias, stress, fadiga, gripe, dores de cabeça, congestão, cancro, processos lentos de cicatrização e outros males.

Maçã:
- Propriedades Nutricionais: A maçã destaca-se pelo seu alto valor em vitaminas do complexo B, C e E, potássio e fibras.
- Valor Calórico: 100 gramas de maçã fornecem, em média, 58 calorias.
- Propriedades Medicinais: A maçã tem acção benéfica e protectora em toda a mucosa digestiva. É capaz de vencer todos os desarranjos do aparelho digestivo, desde a diarreia infantil do recém-nascido até certas anormalidades rebeldes do intestino adulto. Além disso, ajuda a regular o sistema nervoso, o crescimento, evita problemas de pele e previne a fadiga mental. A maçã pode, ainda, diminuir a taxa de colesterol no sangue e ajudar no tratamento de reumatismo e artrite. Excelente alimento para o cérebro, pois contém ácido fosfórico numa forma facilmente digerível.Contribui para um sono tranquilo, evita a indigestão e previne a infecção da garganta. Excelente agente para manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis através da ingestão de uma maçã/dia. Esse efeito é devido ao alto teor de pectina, encontrada em sua casca, a qual entra no metabolismo do colesterol. Depurativo do sangue, em virtude de conter em seu conteúdo o ácido málico, que elimina detritos provenientes do metabolismo.

Manga:
- Propriedades Nutricionais: Encontra-se na manga um bom teor de carboidratos, betacaroteno (provitamina A), vitamina C, vitaminas do complexo B, ferro, fósforo, cálcio, potássio, magnésio e zinco.
- Valor Calórico:100 gramas de manga fornecem, em média, 64,3 calorias.
- Propriedades Medicinais: A manga ajuda a purificar o sangue e é um bom diurético. Pura ou em sucos, combate a bronquite, tem efeito expectorante e combate a acidez estomacal.

Maracujá:
- Propriedades Nutricionais: Maracujá é uma fruta rica em vitamina C e niacina (vitamina do complexo B). Contém também boas quantidades de ferro, cálcio, fósforo e fibras.
- Valor Calórico: 100 gramas de maracujá fornecem 90 calorias.
- Propriedades Medicinais: Contém uma substância sedativa, chamada passiflorina, indicada como calmante. Já suas folhas são usadas para combater febres e inflamações da pele sem infecções. Combate a diabete: a farinha de maracujá controla a taxa de açúcar no sangue. A casca da fruta, que normalmente é deitada fora, é material nobre. Ela é rica em uma substância chamada pectina. A pectina é uma fracção de fibra solúvel. No nosso organismo ela forma um gel. No caso da diabete, ela dificulta a absorção de carboidratos de uma maneira geral, inclusive da glicose. No café da manhã, almoço, jantar, pode-se colocar uma ou duas colheres de sobremesa no leite ou no sumo e beber. Não cura os diabete, mas reduz a taxa de glicose.

Melancia:
- Propriedades Nutricionais: Além de doce e muito refrescante, a melancia é muito nutritiva. Possui hidratos de carbono (açúcar), betacaroteno (provitamina A) e vitaminas do complexo B e C. Também apresenta cálcio, fósforo, ferro e muita água. Hoje já se conhece o licopeno e glutationa, compostos que a melancia possui em abundância, que são responsáveis por proteger o organismo contra o cancro e a oxidação celular.
- Valor Calórico: 100 gramas de melancia fornecem 31 calorias.
- Propriedades Medicinais: É recomendada para quem tem pressão alta e reumatismo. O sumo de melancia provoca eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago e o intestino. Também é eficaz no tratamento da acidez estomacal, obesidade, bronquites crónicas, problemas de boca e garganta. Além disso, protege contra o cancro e a oxidação celular.

Melão:
- Propriedades Nutricionais: Possui grandes quantidades de betacaroteno (provitamina A), vitaminas C e do complexo B. Além disso, é fonte de fibras e apresenta cálcio, fósforo, ferro, potássio, cobre e enxofre.
- Valor Calórico: 100 gramas de Melão fornecem 29,9 calorias.
- Propriedades Medicinais: Por seu alto teor em potássio, é indicado para cardíacos que usam medicação diurética e para pessoas que possuem doenças do fígado, como hepatites e cirrose hepática. Também é muito recomendado na prevenção e no tratamento do reumatismo, artritismo, prisão de ventre e cálculos renais.Além disso, é fortificante, calmante, laxante, diurético, possui actividade anticoagulante e afina o sangue.
Para as mulheres na menopausa o melão ajuda a normalizar a menstruação e activa a circulação. O melão maduro é considerado calmante, refrescante, alcalinizante, mineralizante, oxidante, diurético, laxante e emoliente. Recomenda-se o melão contra o reumatismo, artritismo, obesidade, prisão de ventre, infecções renais, litíase renal, nefrite, cistite, leucorréia, uretrite e blenorragia, cirrose hepática, hepatite, icterícia, cálculos biliares, insuficiência hepática e outras infecções do fígado.
O Sumo de melão é indicado no tratamento da febre tifóide, doenças da garganta, esófago e estômago, contra a acidose.Na menstruação tem efeito dissolvente e oxidante, agindo como cicatrizador natural, regenerador do sangue e normalizador do fluxo menstrual, ajudando na eliminação de pólipos, coágulos de sangue, inflamações, irritações e úlceras.

Morango:
- Propriedades Nutricionais: Possui muita vitamina C, betacaroteno (provitamina A), cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, silício e, em menor quantidade, vitaminas A e B. A fruta possui também boas doses de ácido oxálico, substância que pode causar pedras nos rins em pessoas que tendem a desenvolvê-las.
- Valor Calórico: 100 gramas de morango fornecem 39 calorias.
- Propriedades Medicinais: Além de estimular os processos de absorção do organismo infantil, o morango aumenta a resistência às infecções e tem acção anti cancerígena.

Papaia:
- Propriedades Nutricionais: É um alimento rico em minerais, potássio, fósforo, cálcio, ferro e sódio, além de conter vitamina C, vitaminas do complexo B e betacaroteno (provitamina A). Apresenta, ainda, papaína, enzima natural que ajuda na digestão das proteínas e pode ser usada para amaciar carnes.
- Valor Calórico: 100 gramas de papaia fornecem 36 calorias.
- Propriedades Medicinais: A papaia tem propriedades laxativas, calmantes, além de ser purificador do sangue. As suas sementes têm acção contra vermes e seu grande conteúdo em betacaroteno torna-o num poderoso antioxidante.

Pêra:
- Propriedades Nutricionais: Boa fonte de carboidratos, a pêra também possui doses consideráveis dos sais minerais potássio, sódio, cálcio e fósforo, vitaminas C, provitamina A e, em baixos teores, vitaminas do complexo B. Consumida com casca é boa fonte de fibras.
- Valor Calórico: 100 gramas de pêra fornecem 63,3 calorias.
- Propriedades Medicinais: A pêra contribui para a boa formação dos ossos, dentes e sangue, mantém o equilíbrio interno e o vigor do sistema nervoso. Também é boa no combate a prisão de ventre e inflamações do intestino e da bexiga.

Pêssego:
- Propriedades Nutricionais: O pêssego é fonte de minerais, como fósforo, magnésio, manganês, cobre, iodo e ferro. É também rico em fibras, carboidratos, e vitaminas A, C e do complexo B.
- Valor Calórico: 100 gramas de pêssego fornecem, em média, 51,5 calorias.
- Propriedades Medicinais: O pêssego é recomendado para manter o bom funcionamento do intestino, combater ao reumatismo e para evitar problemas de pele e do sistema nervoso.

Tangerina:
- Propriedades Nutricionais:Apresenta um bom teor de vitamina C e vitaminas do complexo B, além de betacaroteno (provitamina A) e fibras.
- Valor Calórico: 100 gramas de tangerina fornecem, em média, 43 calorias.
- Propriedades Medicinais: É indicada como diurética, calmante, antiparasítica. Além disso, quando ingerida com o bagaço, facilita a formação de resíduos que melhoram o funcionamento do intestino.

Uva:
- Propriedades Nutricionais: É rica em carboidratos, mas também apresenta pequenas quantidades de vitaminas do complexo B e vitamina C. Fornece boas doses de minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, cobre e iodo.
- Valor Calórico: 100 gramas de uva fornecem 68 calorias.
- Propriedades Medicinais: Ajuda a activar os rins, é um suave laxante e actua contra várias enfermidades do intestino, fígado e abdómen, além de estimular as funções cardíacas. A uva também é um rico depósito de compostos antioxidantes e anti cancerígenos.
A Uva vermelha possui alto teor do antioxidante quercetina. A casca da uva aumenta o colesterol HDL, considerado o bom colesterol e contém resveratrol, que comprovadamente inibe o agrupamento de plaquetas e, consequentemente, a formação de coágulos sanguíneos.
A Uva verde tem poderes anti bacterianos e anti virais. O óleo da semente da uva também aumenta o colesterol HDL, considerado o bom colesterol.

Propriedades Medicinais da Uva

Originária do árido Cáucaso, na Ásia, a uva é uma das frutas mais antigas utilizadas na alimentação humana e a sua produção se espalha por todo o mundo. Sua origem vem de 6.000 AC. No Brasil o cultivo da videira começou em 1535, na Capitania de São Vicente trazida pelos portugueses. A imigração italiana em São Paulo e no Rio Grande do Sul no final do século XIX deu um grande impulso à cultura.
A uva é uma das frutas mais exportadas e também uma das mais importadas pelo Brasil.
Uvas chilenas, americanas, argentinas tem no Brasil um mercado cada vez maior.
A região Sul apresenta-se como a maior produtora de uva do país, vale ressaltar que a uva produzida nessa região destina-se, principalmente, à produção de vinho, enquanto nas regiões Sudeste e Nordeste predominam a produção de uvas de mesa.
O consumidor pode saborear uva o ano todo. Pesquisas sobre os hábitos de compra mostram que os consumidores procuram a uva nas gôndolas e que a doçura da baga é a característica determinante da compra.

Propriedades Nutricionais:
- É rica em carboidratos.
- Apresenta pequenas quantidades de vitaminas do complexo B e vitamina C.
- Fornece boas doses de minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, cobre.

Valor Calórico:
100 gramas de uva fornecem 68 calorias
- Água 72,92%
- Albumina 0,38%
- Glicose 23,51%
- Outros hidratos de carbono 2,23%
- Cremor de tártaro 0,52%
- Ácido tartárico 0,29%
- Outros ácidos 0,29%
- Minerais 0,50%.

Tipos de uvas:
- Uva Itália.
- Red Globe.
- Benitaka.
- Brasil.

UVA : Fonte de Saúde!
- Vinho mais que sabor e prazer, é uma fonte de saúde!
- Consumo moderado: uma taça de 100ml para as mulheres e duas para os homens.
A tese de doutorado da cardiologista Silmara Regina Coimbra médica assistente do INCOR, comprovou que tanto o vinho tinto quanto o suco de uva, provocam o mesmo efeito.
Tanto no vinho e no suco encontramos 2 elementos:
- Resveratrol: responsável por eliminar as plaquetas que provocam coágulos e entopem as artérias.
- Flavonóides: são antioxidantes, inibem a formação dos radicais livres, que provocam o envelhecimento das células e, por conseqüência, deixam o organismo mais vulnerável a doenças.


DEMAIS BENEFÍCIOS:
- Ajuda a ativar os rins, diurética.
- Suave laxante e atua contra várias enfermidades do intestino, fígado e abdômen.
- Rico depósito de compostos antioxidantes e anticancerígenos.
- A Casca da uva aumenta o colesterol HDL, considerado o bom colesterol.
- A Uva verde tem poderes antibacterianos e antivirais.
- O óleo da semente da uva também aumenta o colesterol HDL, considerado o bom colesterol.
- A Uva vermelha possui alto teor do antioxidante quercetina.
- As Proantocianidinas são extraídas das sementes de uva.
- As propriedades antioxidantes, e efeitos ligados à saúde capilar e à permeabilidade, além de possibilitar o controle do colesterol.
- As Proantocianidinas são de 15 a 25 vezes mais potentes que a vitamina E para neutralizar radicais livres.

Da próxima vez que for saborear um cacho de uvas, você já vai pensar diferente, não ?

Referências Bibliográficas:



Evite esses alimentos!

A dieta da juventude consiste basicamente em aumentar o consumo de certos itens, como cereais, verduras, frutas, legumes, chá verde e ômega 3 e diminuir outros. A seguir todos os que você precisa diminuir o consumo:

- Refrigerante:
Dados recentes do pesquisador e professor de nutrição da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, Barry Popkin, especialista em avaliar o consumo alimentar da população, dão conta de que os norte-americanos estão bebendo menos leite para tomar mais refrigerante.
"Não bastasse o fato de a bebida ter muito açúcar, ela não possui nenhuma vitamina ou mineral. Por isso é chamada de caloria vazia, ou seja, não traz qualquer benefício à saúde", explica a nutricionista e mestre em nutrição Cynthia Antonaccio, de São Paulo.
Como toda mudança de hábito leva tempo e exige força de vontade, vale a pena experimentar formas não tão chatas de reduzir aos poucos o refrigerante da sua vida. Um jeito interessante de fazer isso é, durante a primeira semana, se limitar a ingerir uma lata de 350 ml na versão light. Depois, nos próximos quinze dias, permitir-se uma latinha em dias alternados e por um mês beber somente nos fins de semana.

- Carne vermelha:
Apesar de ser uma excelente fonte de ferro tipo heme, mineral importante para evitar a anemia, a carne contém grande quantidade de gordura saturada, aquela que aumenta o colesterol ruim (LDL). Não bastasse colocar o coração na mira, vários estudos concordam que comer carne vermelha mais de duas vezes por semana aumenta as chances de câncer.
Os cientistas do Instituto Americano do Câncer, nos Estados Unidos, concordam com essa teoria e vão ainda mais longe: afirmam que um em cada dez casos de câncer de pulmão e de intestino poderia ser evitado se as pessoas diminuíssem a ingestão de carne, presunto, salsicha e bacon. "Um consumo saudável não deveria ultrapassar duas porções de 300 g cada uma por semana", recomenda Cynthia Antonaccio. Uma boa saída para quem não consegue viver sem um bifinho, mas quer aprender, é, na primeira semana, incluir o alimento em apenas uma refeição do dia, o almoço, por exemplo, duas vezes por semana, e nos outros dias ir de frango ou peixe. Depois, nos 15 dias seguintes se proponha a comer a carne vermelha apenas quatro vezes na semana e, no próximo mês, limitar a ingestão a duas vezes por semana.

- Sal:
Por deixar a comida mais gostosa e garantir saciedade, muita gente tem o hábito de manter o saleiro ao lado do prato e salgar a comida antes e levar a primeira garafada à boca. Se você tem esse costume, melhor ir com calma. Sal demais é um atalho para a hipertensão, que pode levar a problemas cardiovasculares. "O recomendado é usar até 5 g por dia, o que equivale a aproximadamente duas colherzinhas de sal rasas, mas o brasileiro, em geral, consome 12 g, ou seja, mais do que o dobro", alerta Cynthia Antonaccio.
Para diminuir o consumo não basta apenas ficar longe do saleiro, mas também dos embutidos e enlatados, que tem no sal um excelente conservante. Em casa, uma boa pedida é adotar o sal light, que tem menos sódio e mais potássio, ou o sal marinho, que possui maior poder de salgar usando uma pequena quantidade, assim como optar por comprar produtos com teor reduzido de sal, caso de sopa em pacote e shoyu, por exemplo.

- Açúcar:
Você acha impossível ser feliz sem açúcar? Essa sensação acontece porque o sabor adocicado melhora o humor, dá ânimo, acalma... Mas é bom dosar o consumo, porque o excesso engorda e dá cárie. Mais um motivo para maneirar é que o açúcar não tem praticamente nada de nutrientes, daí ser taxado de "caloria vazia". Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira 2005, elaborado pelo Ministério da Saúde, 10% das calorias diárias devem vir do açúcar. Em uma dieta de 2000 calorias diárias isso representa 200 calorias, encontradas em 1 ½ lata de refrigerante ou cinco sachês de açúcar. A boa notícia é que reduzir a ingestão sem abandonar o lado doce da vida é possível. A primeira providência é evitar as bebidas açucaradas, caso dos refrigerantes, sucos em caixinha e leite condensado, por exemplo. Tente também deixar as sobremesas para os fins de semana e substituir o açúcar do cafezinho por sucralose, um adoçante artificial criado a partir de uma molécula de açúcar invertida - essa simples modificação faz com que o produto adoce 600 vezes mais do que o açúcar tradicional e não tenha qualquer contra-indicação, inclusive para grávidas. Outra vantagem é que ele é isento de sódio, a substância que provocou a atual polêmica sobre os malefícios causados pelos adoçantes artificiais, contra-indicado para hipertensos.

Revista Boa Forma

Grãos integrais podem fazer você emagrecer mais rapidamente.

Acrescente cereais às frutas e saladas.
Você já pensou em trocar o pãozinho francês do café-da-manhã por um delicioso mamão papaia coberto de flocos de aveia? Pode até parecer mentira, mas a segunda opção pode manter você saciada por mais tempo — e não engorda tanto.


Além de tudo, melhora o trânsito intestinal e ajuda a diminuir o nível de colesterol no sangue. O pão francês contém farinha branca, feita com trigo que passou por refinamento.

Cereais refinados perdem a casca protetora, que é onde fica uma de suas maiores riquezas: as fibras. Frutas, verduras, legumes e cereais integrais são alguns dos alimentos ricos em fibras. E quem está de dieta precisa aumentar a ingestão dessas substâncias, porque elas são fundamentais para diminuir o peso.

Então, para eliminar os quilinhos a mais, você precisa comer pelo menos 25 gramas de fibras por dia. Invista na conhecida aveia, no milho, no arroz e no trigo integrais, na cevada e em outros cereais à disposição no supermercado.

Na próxima vez que for às compras, gaste mais tempo na seção de cereais e leve para casa essas preciosidades amigas da boa forma.

5 motivos para incluir cereais integrais na dieta:

• Em um estudo americano, durante um mês um grupo de pessoas em dieta substituiu duas refeições diárias por porções de cereais. Outro grupo consumiu alimentos pouco calóricos, mas tradicionais. A turma dos cereais eliminou seis vezes mais peso do que a outra!

• Por conter muitas fibras, os cereais integrais preenchem o estômago por mais tempo, afastando a fome. As fibras não são digeridas pelo corpo, mas são absorventes. Elas incham no estômago ao "chupar" os líquidos e fazem volume, mas sem oferecer nenhuma caloria. Depois, elas percorrem o intestino até serem eliminadas.

• As fibras provocam uma digestão mais demorada. Por isso, fazem o organismo liberar menos insulina e de maneira mais lenta. Isso significa menor estoque de gordura no corpo.

• As fibras também ajudam o organismo a absorver menos gordura. É que, no intestino, elas grudam nas porções de gordura e as carregam para fora, pelas fezes. Assim, as taxas de mau colesterol no sangue diminuem.

• O sabor é delicioso! Troque o pão, o arroz e o macarrão pelas versões integrais. Acrescente aveia às frutas, e granola ao iogurte.